domingo, 30 de novembro de 2014

Lutas, problemas, dificuldades e agora?

" E quando Albert Einstein viajou para os Estados Unidos depois de descobrir a teoria da relatividade. Sua mulher foi entrevistada com a seguinte pergunta:  - A Senhora conhece a complexa teoria da relatividade em que seu marido se tornou famoso no mundo? e ela respondeu:-Não, eu não compreendo a complexa teoria da relatividade pela qual meu marido é tão famoso no mundo, mas eu compreendo meu marido" ( citação de citação  Pr.  Hernandes  Dias Lopes - Pregação:  As teses de satanás olha lá no youtube depois de ler né kkkk)
  As vezes lutas cercam nossas vidas e não compreendemos  os verdadeiros motivos porque com nossa mente limitada só conseguimos compreender a gravidade do nosso problema e indagamos sempre o porque  para Deus. Mas  se você não conhece o motivo dos seus problemas. Você conhece Deus e sabe que ele pode fazer infinitamente mais, você sabe que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus  e isso é mais que suficiente para vc agradecer e descansar mesmo em meio a lutas e aflições. 
 Vou dar um exemplo simples:
  Tenho uma amiga  do meu trabalho  que não tem conseguido passar na prova de volante e  já fez mais de 4 tentativas... Ela chegou chorando e cheia de questionamentos 
E eu disse: - Pelo menos ainda não foram 09 vezes como eu e com certeza não serão rsrsr  ela se acalmou ao ver que de fato eu tinha mais experiencias nisso (ohhh se tenho), acabamos sentadas ( no horário de trabalho kkk)  e eu contando essa experiencia  que não foi fácil.
 Com toda certeza seu problema não é maior do que os problemas que Jó teve: ( quais foram mesmo?)  Imagina  vc ganha na mega sena  compra fazendas,  bois ( eu sou goiana  então vou colocar aqui os sonhos de consumo de uma legítima Goianiense kkk),  compra muitas casas e  com o passar dos anos seu dinheiro de quadruplica por   você ser temente a Deus e por viver em retidão ( jogando na mega senna? AHHH VÁ )  e se torna  mais rica que o Silvio Santos  e em um belo dia vc acorda rica e no final do dia está sem nenhum centavo... Nesse mesmo dia  você perde seus 10 filhos em um acidente e precisa enterrar todos, posteriormente, vc vai morar no barracãozinho de 2 cômodos e   sente  muitas dores no corpo, você vai para o SUS e descobre( depois de 1 mês) que  seu corpo está cheio de tumores  e  aparecem bolhas purulentas e  seu cônjuge diz que você precisa morrer e até  seus melhores amigos quando veem você naquela situação o culpam por tudo... Nossa,  será que seu problema é maior ou menor... Deus mudou a sorte de Jó quando ele estava de joelhos orando para seus amigos.. Nem mágoa ele não guardou? ( gennntee que homem é esse?)... Mas a vitoria dele foi duas vezes maior ...( Deem aos outros, e Deus dará  a vocês. Ele será generoso e as bençãos  que ele lhes dará serão tantas  que  vocês  não poderão segurá-las nas suas mãos Lucas 6.38 linguagem de hoje) Queria escrever isso para vocês hoje.. Eu sempre falo da minha chefe nas  minhas postagens porque ela me inspira muito, talvez posso estar enganada mas se acontecesse o mesmo que aconteceu com Jó com ela penso que ela agiria da mesma forma que Jó... (e você Débora? num sei menina num me pavora não  rsrsr não sei mesmo como agiria) que possamos entender que nas situações situações mais difíceis existe o Deus das impossibilidades, um Deus que transforma toda a ruína e bençãos  multiplicadas para aqueles que creem e depositam sua confiança nele.
 Ummm super bezoo 



sábado, 22 de novembro de 2014

Uma moeda para ...

O que valem mais? Pessoas ou coisas... Se vc pensa que minha pergunta é descabida e óbvia demais cuja a resposta  será claramente é : pessoas. Peço que você olhe melhor a prática de tudo isso...
 Hoje sai do meu curso de alemão  e no caminho eu  parei no centro para comprar um sanduíche muito gostoso  turco chamado Dönner ( que gosto demais aqui ), porém  meus rins graças a Deus funcionam bem demais (até demais kkk)  e  quase sempre ele quer soltar sua fabricação (kkkk novo nome para xixi) tipo de 40 em 40 minutos  nos lugares mais impróprios possíveis. No Brasil sempre fui acostumada a usar os banheiros e pedir licença e nunca tive problemas com isso.. E lógico que pensei que o mesmo aconteceria aqui em Hamburgo ( engano meu)... No começo percebi que aqui  sempre tinha uma pessoa de Jaleco  na parte de fora do banheiro com um pratinho para vc  colocar a gorgetinha  por ele cuidar  da limpeza e gentilmente você pode ou não ofertar, mas essa atitude já havia visto no Brasil e acho até  que é bom.
    E Eu com uma vontade lascada de  aliviar  e com as pernas  encolhidas andando rapidim kkk  ( Sabe quando já está insuportavelmente insuportável) kkkkk  fui até um restaurante perto da estação de trem, entrei e fui ao banheiro  (  q  não tinha homem de jaleco) e ao terminar  caminhando para a porta eis que um  homem alto já velho com cara de poucos amigos  parou na frente da porta impedindo minha saída  e rudemente me disse: que eu precisava pagar para ir ao banheiro e eu um pouco assustada disse: me desculpa  e ele rebateu :- Desculpa não, vc precisa pagar  e eu super desnorteada e sem entender e deverasmente envergonhada com as pessoas do restaurante e funcionários todos de olho na minha reação e no acontecido. Eu peguei  as moedas e paguei e como manteiga derretida que sou, quando bati a porta e sai eu comecei a chorar HOOORRRORES.
Geralmente pessoas alemãs  mais velhas e principalmente as que moram no norte (  eu moro no norte) são muito diretas  para não dizer sem educação, elas falam tudo na lata  e você gostando ou não elas vão te dizer.. Alguns amigos já haviam me contado experiências  tristes e  constrangedoras  mas  eu ainda não havia passado por isso  e também não imaginava que passaria tão cedo rrsrsrs. Aqui também existe uma peculiaridade que  tenho aprendido,  a de que quase todos os banheiros você precisa pagar para entrar e usar; então ta tipo assim, para eu sair de casa preciso quebrar o porquinho, porque se eu vou fazer compras ou  passar um tempo no centro eu irei usar o banheiro. (  até no shopping vc paga! existe uma catraca que vc só entra paganda  gata! é mole?)
 Nesse restaurante eu já havia ido outras vezes e sempre pensei que não precisava pagar porque não havia nada escrito... Talvez eu ainda ande com a cabeça  e com a cultura brasileira tão enraizada que  talvez ainda não me dei conta desse costume um tanto quanto egoísta. Ai eu te pergunto. Se vc tem um estabelecimento e coloca banheiro você precisará pagar uma pessoa para limpar certo? Independentemente se  100 pessoas usam ou 20... aqui bem menos porque  aqui os papéis são descartados dentro do vaso junto com a descarga ( amo isso na Alemanha) e por isso você   nem tem o odor fétido como no Brasil. 
Abriii o berreiro, chorei demais, comprei meu sanduíche. Mas fiquei tão indignada de ter sido humilhada na frente de todos daquela forma que voltei lá no restaurante pedi para falar com o gerente ( num tinha kkk) então falei com o homem mesmo:
Disse mais ou menos assim: - “Peço desculpas mais uma vez por ter entrado no seu precioso banheiro, mas  de fato não pensei que precisaria pagar.  Talvez porque vim de uma cultura em que valorizamos mais as pessoas  do que coisas e se eu uso seu banheiro é porque eu realmente tenho uma necessidade e não porque quero fazer algo  ou sujar e se estivesse escrito aqui eu pagaria mas não vi nada  e  fui ensinada que  temos o direito de falar  tudo que queremos mas não temos o direto de desrespeitar as pessoas, você pode dizer tudo mas com educação..”.
 E ele disse : Rudimente ( claro) – E você precisa conhecer a nossa cultura  ( virou as  costas e foi fazer o seu trabalho) kkkkk
 Sim ele estava certo em dizer que preciso adaptar á cultura deles mas  desrespeito eu não preciso... Ninguém merece né gente...
Só para constar eu fiquei tão comovida que chorei o dia todo a noite toda por causa do homem do xixi! kkkkk  ( Você pode pensar que  chorar tanto por um fato simples desse é bobeira mas aqui  a sensibilidade toma conta e você não consegue  segurar kkk pelo menos eu não)
Estava   pensando em  fazer um movimento no facebook e chamar pessoas para fazer xixi na porta do restaurante  como protesto e foi ai que me lembrei que não estou no Brasil ( kkkkkkk TO BRINCANDO  genteee kkkk)

Pesquisei e conversei com pessoas alemãs sobre o fato delas pagarem para usar o banheiro até em estabelecimentos públicos  e elas foram categóricas em dizer:  Nossa, isso é certo, precisamos ajudar a pagar para pessoas limparem o banheiro... então tá né Alemanha! ...  quero fazer xixi no Brasil kkkkkkkk 

 Bezooooo

Débora Taynã Gomes Machado

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Vou sobreviver?

A pergunta de hoje foi: - Será que eu irei sobreviver á esse inverno alemão?
Sou goiana (“ligítima”como diz meu tio), acostumada com um sol escaldante, acostumada a comprar anti transpirantes que prometem não sair  para fora da blusa ( sempre fui enganada pelas propagandas kk), super acostumada  em usar  blusinhas de tricôzim de manhã e às 10 não agüentar nem uma manguinha de tão insuportável calor. Descido então  vir para a Alemanha ( como assim? Gateenha, vai ler minhas postagens antigas, atualiza aiii bonita)  E Deus foi super mas super maravilhoso.  Esse ano foi o verão e outono ( começo) com temperaturas mais altas de todos os tempos,  até o  começo do mês de novembro ainda tivemos  temperaturas de 13 graus super  com sol e lindo e eu até cheguei a pensar que  de frio a Alemanha não tinha nada. ( gente isso é boato, esse país num vai esfriar não... “né” possível... kkk)
E amores de My life ...  Levanto todos os dias bem cedinho para ir  ao curso de Alemão e diariamente olho a previsão do tempo que já é uma rotina cultural e necessária aqui... Percebi que estava 1 grau, engoli seco e pensei naquele hino: “ Segura na mão de Deeeuuuss e vaiii!...” e eu fui  com 3 calças térmicas e uma leging por cima  2 sueters e uma blusa grossa de frio... e andando mais  a temperatura foi abaixando... abaixando e  chegamos  á -1 grau  (Mô Deus )  gelo nos carros, gelo na grama, gelo nas folhas da rua  e o pior gentemmm... Ainda não chegamos no inverno oficialmente.
E quando eu falo: - Nossa, está muito frio!  Eles dão uma risadinha irônica ( acho que eles pensam... tadinha dela kkk) e dizem: - Isso não é frio,  ainda não está frio...
Cumaaaaa? -1 grau não é frio JUsé?
E foi então que eu perguntei para eu mesma? Será que eu sobreviverei gente?  Quando eu disse isso em público com o coração um pouco aflito  meus amigos riram e disseram  em alemão mas vou traduzir do meu jeito kkk: Cê besta minina é claro que vc vai viver!
Ganhei muitas blusas e  aprendi muito os segredos de vestir para o inverno que eu nunca pensei que tinha segredinhos para  se vestir em baixas temperaturas mas a verdade é que tem...
 Mas o melhor de tudo que eu acho no inverno é  soltar fumaça pela boca me divirto horrores e sim eu pareço aquelas jecas que chegaram na cidade a primeira vez kkkkkk fico soprando e brincando com a fumaça porque acho o máximo kkkkkkkkkkkk...  Pelo menos uma coisa  boa tem que ter o frio né...
 Sabia que eu amo escrever para vocês? Sabia que eu também amo saber que vocês lêem minhas postagens? Obrigada pelo carinho

 Bezooooo
Postagens mais recentes Postagens mais antigas Página inicial

Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste

Copyright © Olhares e Vivências de uma Aprendiz | Traduzido Por: Mais Template

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes